Marketing Pessoal: Cresça e Apareça - Parte 3


Palestra Marketing Pessoal

Para ver início do artigo clique aqui


2º ESTABELEÇA SUA IDENTIDADE COM A AJUDA DE SEU CLIENTE (CONTRATANTE)


Depois de listar suas uniqueness está na hora de estabelecer sua identidade. Você descobriu a percepção que as pessoas tem a seu respeito, talvez o resultado não tenha sido aquilo que você esperava, mas, está na hora de definir sua identidade e trabalhar nela. Certa vez atendi uma empresa no segmento de tecnologia que procurava uma consultoria para valorização de sua marca. O empresário mostrou-se extremamente frustrado pelo fato de ter investido muito em seu sonho de ser a maior revendedora de periféricos do Estado, mas, os clientes só o procuravam para desenvolvimento de sistema (atividade empunhada com prioridade por seu sócio). Ele tentou e muito vender periféricos, elevados investimentos com a mídia foram feitos, mas, sua identidade, na percepção de seus clientes era de desenvolvimento de sistemas, porque este era o valor criado inconscientemente para os seus clientes. Pessoalmente, adotei a motivação como minha marca, não permito que ninguém esteja desmotivado ao meu redor, por isso, apesar de não estar na mídia com frequencia, sou sempre lembrado como "Palestrante Motivacional". Mas, na verdade, todo meu investimento na mídia e nas minhas redes de relacionamento, foi, na verdade, em prol da gestão de vendas e atendimento. No entanto, tive que adotar a percepção criada por meu cliente e sou muito feliz com isso.


Por isso, por favor, não confunda marca pessoal com marketing pessoal. Estamos falando aqui de sua marca, daquilo que as pessoas realmente lembram quando vêm você e não o que você fala a respeito de si mesmo. São duas coisas distintas, no entanto, igualmente importantes. Mas se você fizer marketing com aquilo que não carrega em sua marca, com certeza acabará mal. Mas, isso não quer dizer que você não possa melhorar. Pelo contrário deve trabalhar, pouco a pouco, em suas limitações transformando-as em qualidade que valorizem sua marca pessoal cada vez mais. Por isso, peça ainda para as 5 pessoas citadas no tópico anterior listarem também as 5 coisas que poderiam ser melhor em você. Lembre-se: Não adianta se esforçar para você parecer algo que não é. Você precisa incorporar as mudanças de verdade e destacar as uniqueness que você realmente tem para criar sua identidade com ajuda de seu cliente.


Continuação (4ª Parte)

Jociandre Barbosa

Palestrante Motivacional Especialista em Vendas e Liderança