Quanto Vale uma Palestra de Motivação? - Palestrante Jociandre

quanto vale palestra de motivação?


Importante pesquisa realizada pela Universidade de Michigan nos EUA evidencia a importância da motivação nos resultados financeiros de uma empresa.


"Calcula-se que em média, um profissional motivado deva valer pelo menos 30% a mais nos resultados financeiros de uma corporação". É o que afirma o pesquisador Chip Cameron da universidade de Michigan nos EUA.


Os resultados da pesquisa mostram que, por exemplo, após uma boa palestra de motivação ocorreu um aumento semanal nas vendas de uma empresa pesquisada equivalente a 28% a mais que nas semanas anteriores e 67% a mais do que no mesmo período no ano anterior. “Profissionais motivados valem mais para uma corporação, mas, a motivação oferecida por uma palestra, por exemplo, acaba rápido. É preciso que as empresas invistam não apenas em programas motivacionais periódicos incluindo boas palestras, como ainda preparem os chefes de setores para entender os fatores motivacionais de sua equipe. Isso requer investimento em tempo e em dinheiro, mas, os dados de nossa pesquisa mostram que os resultados são visíveis”. Afirma o pesquisador que estudou 16 importantes corporações durante o período de 8 meses com programas alternados de motivação corporativa.


É consenso entre pesquisadores que os impulsos motivacionais nascem de uma série de influencias internas e externas que norteiam o comportamento de uma pessoa para maiores resultados devido a um estado de necessidade ou desequilíbrio inerente ao ser humano. Mas, muita coisa precisa ser revista nos conceitos sobre motivação.


A evolução dos estudos sobre a motivação é lenta, mas, deve-se notar que muita coisa mudou desde Maslow, McGregor e Herzberg. Os fatores que motivam para o trabalho são muito complexos, vão desde as teorias X e Y, da hierarquia da necessidade, da equidade, da expectativa (Victor H. Vroom), da higiene e condições de trabalho, da necessidade (McClelland), do reforço, da determinação de metas (Edwing Locke)’, até fatores pouco estudados, como estilo de vida e alimentação fora do trabalho. Mas, além das políticas motivacionais de uma empresa, é preciso investir em programas incluindo palestras e treinamentos motivacionais, que criem o clima apropriado para motivação com foco nos resultados.


A Right Management, uma conhecida empresa Norte Americana de consultoria em gestão de carreira, realizou um estudo com 30 mil pessoas em 15 países, identificando que profissionais motivados são 50% mais produtivos. O salário ficou em sexto lugar no ranking de fatores motivacionais, sendo que a participação em palestras que mostrem o que a empresa espera de seus colaboradores ficou em terceiro lugar.